Quando Deus Respondeu a um Homem

O Senhor falou a Josué:

“Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel.
Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés.” (Js 1.2-3)

Após agirem segundo o direcionamento de Deus, o povo de Israel, liderado por Josué, venceu importantes batalhas. ¹

“Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom.
E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos…”(Js 10.12-13)


Josué orou ao Senhor para posteriormente dar ordem ao sol e a lua, demonstrando:

  • a intimidade que possuía com o Senhor,
  • que o controle de tudo está com Deus e,
  • Josué, assim como todo homem, é seu dependente e cooperador.

     “…O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro.” (Js 10.13)

As leis de movimentação dos astros não eram conhecidas como são conhecidas atualmente. Porém, independentemente do que a ciência menciona sobre o que naturalmente poderia ter ocorrido com o sol e a lua, quem discerne segundo o Espírito de Deus percebe a intervenção divina sobre o ocorrido. ²


Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;” (2 Tm 3.16)

Portanto, nada nas Escrituras Sagradas deve ser desprezado. Discerni-las corretamente deve ser uma busca rotineira na vida do cristão, em meditação, reverência e amor á Deus, buscando a vida, santificação e verdadeira sabedoria que provém apenas dEle. ³


Apesar de já haver dado a vitória da batalha aos israelitas, Deus agiu segundo o pedido, entendimento e ousadia de Josué, oferecendo-o vitória mais grandiosa  como um sinal ou um favor realizado a ele. Demonstrando, o quanto o Senhor estima em atender a oração de um servo seu.

A criação do sol e da lua possui motivos específicos como: marcar o tempo, iluminar a terra, trazendo vida e permitindo que o homem contemple as maravilhas do Criador. 4

Logo, apesar da ação de Deus haver contrariado leis, que são mundialmente conhecidas, de movimentação de astros e do nosso planeta, não contrariou o objetivo da criação dos mesmos.

Pois, o fenômeno mencionado assinalou “um tempo” na história da nação escolhida pelo Senhor, marcando a vida de oração de Josué, exaltando o nome de Deus entre os povos, iluminando o entendimento dos mesmos quanto á sua pessoa, poder e não meramente para atender um “capricho” de um servo.


Jesus disse:

“E, tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis. ” (Mt 21.22)

E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.” (Jo 14.13)

Deus atenta para a motivação das nossas petições á Ele. Pois, Tiago diz na epístola que leva seu nome:

Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” (Tg 4.3) 


Que servo é esse que fez com que Deus “parasse o tempo” ?

Josué foi um homem que  andava em sinceridade, temor e obediência á Deus. Portanto, obteve sua petição realizada devido a intimidade que possuía com o Senhor, resultante da própria vida de retidão, somado á sua fé e correta motivação ao realizar o pedido. 5


Deus deseja um relacionamento íntimo com cada um de nós. Logo, enviou Jesus para intermediar a reconciliação entre si mesmo e a humanidade que se afastou de sua santa presença devido ás iniquidades que ela cometeu. 6

O Criador na sua soberania escolhe as pessoas que deseja usar para manifestar seu poder, apesar de não possuir filhos prediletos. Nós que, segundo as escolhas que fazemos, “determinamos” o grau de intimidade que temos com o Senhor. Pois, Ele apenas se aproxima de quem O busca em sinceridade, obediência, reverência e fé na sua pessoa. 7

Josué é um exemplo de servo que prioriza a comunhão com o Altíssimo, buscando com ousadia e fé pela sua santa presença para desfrutar da glória do Senhor na própria vida.

“E não houve dia semelhante a este, nem antes nem depois dele, ouvindo o Senhor assim a voz de um homem; porque o Senhor pelejava por Israel.” (Js 10.14)

Portanto, Josué pode vivenciar uma maravilha singular com o Criador pois, além dele ter orado de forma que O agradou, a sua vida de obediência e temor á Ele, fez com que o Senhor o honrasse auxiliando-o no que fosse necessário para que  vencesse suas batalhas.


“As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.
Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.” (1Co 2.9-10)


“E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.” (Tg 1.5)

 

A paz do Senhor!

 

Referências:

  1. Js 6; 7.7-12; 8
  2. 1Co 2.14-15
  3. Sl 119.11; Lc 24.45; Jo 5.39; 17.17; At 17.11; Rm 15.4;
  4. Gn 1.14-19
  5. Mt 21.22; Jo 14;13; Tg 5.16
  6. At 26.18; Rm 2.11; 2 Co 5.18; Tg 4.8
  7. Is 59.2; Hb 11.6
FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Publicado por

Gisele

" É necessário que Ele cresça e que eu diminua." (Jo 3.30)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *