Presente de Deus

“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança… E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” (Gn 1.26-27)

Imagem refere-se aos assuntos espirituais  e não somente as formas essenciais e substanciais. Por sua vez, o homem foi criado para ser a imagem visível de Deus. Logo, em termos limitados, possui as mesmas características pessoais de Deus (mentais, racionais e espirituais). Permitindo, a comunicação entre ambos e consequente relacionamento ¹.

Entretanto, quando Adão e Eva pecaram, houve a introdução do pecado no mundo e resultante desarmonia no relacionamento entre Deus e o homem. Pois, nossos pecados nos afastam da presença do Senhor e deixamos gradualmente de refletir Seu caráter².

Para tornar possível a restauração deste relacionamento, que apenas será pleno quando Jesus voltar, Deus Pai, em demonstração ao Seu imenso amor pela humanidade, enviou Seu único Filho (Jesus) para pagar pelos nossos pecados, com morte de cruz ³.

Logo,  nossos pecados são justificados através de Cristo Jesus desde que sinceramente nos arrependemos dos mesmos e abandonemos sua prática; confessemos Jesus como o Senhor de nossas vidas e cremos no Seu evangelho 4.

Jesus Cristo, tanto em seu corpo espiritual quanto Seu caráter moral é a imagem de Deus invisível, absoluta e essencialmente o resplendor da glória de Deus e a expressão exata de Seu ser 5.

Qual a origem de Jesus?

“E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém” (Mt 2.1)

” E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo. E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, De modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo Israel. ” (Mt 2.4-6)

Séculos antes do nascimento de Jesus (o Messias), houve prenúncios do acontecido que ocorreu em um tempo e local determinados; como sucessor do trono do rei Davi, segundo a descendência. Entretanto, a origem de Jesus é muito mais antiga que o Seu nascimento humano 6.

Pois, Jesus é ” o primogênito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.” ( Cl 1.15-17)

Portanto Jesus, que é a Palavra de Deus, foi O executor da obra de toda criação 7.

Entretanto,  Deus Filho (Jesus) destituiu da própria glória nos céus e se fez homem para habitar no meio de nós, sendo consagrado á Príncipe da nossa salvação, nos santificando pela graça que nos foi dada. Logo, em comunhão em Cristo Jesus, somos chamados irmãos e feitos filhos de Deus. Portanto, coparticipantes da vida eterna 8. 

“Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido. Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos” ( 1Jo 5.1-2)

É preciso viver em temor e obediência á Deus e conscientes ” … que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós;” ( 1Pe 1.18-20)

Segundo as Escrituras Sagradas,  “… um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” (Is 9.6)

Este menino é Jesus!

“E repousará sobre Ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor.
E deleitar-se-á no temor do Senhor; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.
Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,
E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.” (Is 11.2-5)

Jesus é o presente de Deus para a humanidade. E, ainda que seja eterno, devemos permitir que Ele nasça na nossa vida para sermos coparticipantes do Seu reino ! 9

“Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus.” (1Jo 4.15)

 A paz do Senhor !

 

Referência:

  1. Hb 10.1; 1Co 11.7
  2. Is 59-2; Pv 8.36
  3. Rm 5.6-12; 8.19-22; Gl 3.13; Cl 1.14; Hb 2.9; 1 Jo 1.5-20
  4. Rm 3.23-26; Cl 1.21-23
  5. Hb 1.3; 2Co 4.4; Cl 1.15
  6. Mq 5.2; Is 9.6-7; 11.1-5; Mt 1.1-23; Jo 8.58
  7. Jo 1.1; 1 Jo 5.7;
  8. Jo 1.1; Jo 1.14; Hb 2.7-11; Jo 6.27
  9. Mt 1.18-25

 

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Publicado por

Gisele

" É necessário que Ele cresça e que eu diminua." (Jo 3.30)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *