Mais Essência e Menos Aparência

Elcana “tinha duas mulheres: o nome de uma era Ana, e o da outra Penina. E Penina tinha filhos, porém Ana não os tinha.” (1 Sm 1.2)

Ambas mulheres eram rivais e Penina provocava Ana insistentemente devido a esterilidade desta. 1

No templo de Deus em Siló, Ana, amargurada e chorando muito devido ás provocações de sua rival, orou ao Senhor e fez um voto, dizendo:

” Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.
E sucedeu que, perseverando ela em orar perante o Senhor, Eli observou a sua boca.
Porquanto Ana no seu coração falava; só se moviam os seus lábios, porém não se ouvia a sua voz; pelo que Eli a teve por embriagada.
E disse-lhe Eli: Até quando estarás tu embriagada? Aparta de ti o teu vinho.” (1 Sm 1.11-14)


O salmista diz:

“Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” (Sl 51.17)

Portanto, Ana naquele momento oferecia a Deus os sacrifícios que realmente O agradam, pois O buscava em profundo quebrantamento.

Entretanto, o sacerdote Eli interpretava de forma natural a espiritualidade na qual ela estava submersa.

Porém, a segunda carta enviada á igreja que estava em Corinto adverte que as coisas espirituais devem ser comparadas com as espirituais. 2

“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.” (1 Co 2.14-15)


Este episódio ocorrido entre Eli e Ana demonstra que é necessário que saibamos discernir o natural do espiritual.

Eli só conseguiu observar criticamente o comportamento de Ana pois, apesar de ser sacerdote e estar dentro do templo do Senhor, estava “desligado” espiritualmente.

Eli é o exemplo de pessoas que possuem um molde para classificar para si quem é servo de Deus e quem não é baseado na própria visão, experiência pessoal, ou qualquer outra coisa, invalidando o que a bíblia diz.


Alguns  exemplos de comportamento distintos de alguns personagens bíblicos:

  • Enquanto Ana orou em lágrimas por um filho, o profeta Elias orou com autoridade e ousadia. Deus atendeu as petições de ambos. 3
  • O profeta Isaías demonstrou forte temor ao viver uma experiência espiritual.  4
  • Israel ao resgatar para Jerusalém a arca da aliança de Deus, que representava a própria presença do Senhor, louvava-O com instrumentos musicais e muita alegria, enquanto o rei Davi dançava e tocava. 5

O temperamento é um conjunto de características de um individuo que pode influenciar na imagem que transmite a outras pessoas. O tipo de temperamento indica se uma pessoa é mais ou menos tímida, agitada, emotiva, racional …

Porém, como Deus nos julga segundo o nosso carácter e somente alguém que possua o carácter transformado pelo Espírito de Deus possa viver o reino do Senhor; o carácter é mais importante do que a imagem que o indivíduo possa transmitir. 6


A Palavra de Deus nos orienta a não contendermos com pessoas que possuem costumes diferentes dos nossos de servir á Deus. E, adverte:

“Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.
Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente.” (Rm 14.1-6)


Seja extravagante ou tímido, em lágrimas ou risos, sirvamos ao Senhor com nossa essência!

Que tudo seja feito para a glória de Deus!

 

A paz do Senhor!


Referências:

  1. 1 Sm 1.5-6
  2. 1 Co 2.13
  3. 1 Sm 1.19-20; 2 Rs 1.12
  4. Is 6.1-5
  5. 1 Cr 15
  6. 1Sm 16.7; Hb 12.14

 

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Publicado por

Gisele

" É necessário que Ele cresça e que eu diminua." (Jo 3.30)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *